Focando em crescimento e negócios internacionais, Quiron embarca para Web Summit, em Lisboa

Maior feira de tecnologia e Inovação do Mundo, a Web Summit Lisboa volta a ser um evento presencial, depois da edição 2020 ser realizada totalmente on-line.  São esperadas cerca de 40 mil pessoas de todo mundo, entre os dias 01º e 04 de novembro, no Parque das Nações, em Lisboa. Representantes da Quiron Digital estão lá,  fomentando o networking, buscando investimentos e marcando o início de um novo marco, com a Quiron Portugal sendo apresentada oficialmente. 

Web Summit Lisboa 2021

Na comitiva que participa da Web Summit, estarão presentes o diretor de Mercado, e um dos sócios-fundadores da Quiron, Diogo Machado, além do CEO da Quiron, Gil Pletsch. Ambos têm grandes expectativas com o evento. 

“Temos dois principais objetivos com a viagem. Um de firmar a unidade europeia da empresa, com sede em Portugal, assinando o protocolo de cooperação com Fundão, e fazer os procedimentos para abertura de empresa. E o segundo ponto, além da demonstração da solução Quiron, em função de todo o apelo  por ser uma tecnologia focada no meio-ambiente, buscamos encontrar investidores estrangeiros. Queremos apresentar o pitch-deck para alguns investidores estrangeiros, e aí a partir disso, fazer uma tentativa de captação, para um investimento pós-seed”, lembrou Diogo, falando sobre rodadas de investimento, que são mais voltadas para a escalabilidade do negócio e ampliação do alcance dele, no mercado internacional . 

Para Gil, a grande proposta é a criação de pontes entre a Quiron e investidores, e avaliar a dinâmica na retomada desses encontros presenciais. 

“É muito bom sentir um pouco mais a questão econômica, como que o mundo está vendo as tendências dentro da inovação, e como o mercado está sentindo nesse momento. Queremos ampliar nossos contatos, e esse é um dos nossos grandes interesses. Vamos conhecer presencialmente algumas pessoas que a gente já vem conversando e fazendo algumas articulações, ampliando esse networking. Também queremos aproveitar o momento para fecharmos alguns negócios, que já estávamos em andamento”, ressaltou. 

Portugal, um grande mercado em ascensão com a Quiron

Com mais de 54 mil hectares monitorados pelo Flareless, atualmente, em Portugal, a Quiron tem fornecido muitas informações estratégicas para o monitoramento de áreas na península Ibérica. Esses dados gerados pela Quiron, utilizados pelas entidades locais de proteção ambiental, são úteis não só como indicativos diretos de locais com potenciais críticos para ignição como também instrumentos de comparação de análises periódicas do Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA). 

“O Flareless tem uma grande vantagem nisso, porque o IPMA dá uma análise de risco para o concelho todo (região de Portugal), ou seja, cria uma média, e nos diz se para aquela média, o risco de incêndio pode ser reduzido, moderado, ou maior. Já o Flareless consegue ir no pormenor do pixel,  em que eu consigo, mesmo num território pequeno, como é o caso de Belmonte, ter variações até mesmo significativas, num espaço de 1 ou 2 km, numa área que não é assim tão grande,  enquanto que a entidade oficial aqui de Portugal não faz isso”, ressaltou o Coordenador Municipal de Proteção Civil de Belmonte, bombeiro Luís Carvalho

Web Summit: edição pocket do evento foi já foi realizada em Lages

Em agosto de 2019, em Lages, o WebSummit On the Road marcou a história dos eventos na cidade. Sediado no Orion Parque Tecnológico, o evento, gratuito, contou com a presença de mais 300 pessoas de vários ecossistemas do sul do Brasil, numa das primeiras grandes mobilizações do setor na cidade. 

O objetivo do evento foi apresentar o ecossistema português para empresários e estudantes brasileiros, através de diversas palestras sobre oportunidades de negócios, intercâmbio e turismo. Mais de 300 pessoas participaram da iniciativa, que ofereceu inúmeras formas de apoio ao empreendedor estrangeiro. 

Nesta edição de 2021 da Web Summit, a expectativa é reunir mais de mil palestrantes, cerca de 1.250 startups (40 dessas unicórnios – startups avaliadas em mais de US$ 1 bilhão), 1.500 jornalistas e mais de 700 investidores. 

Mais blog posts