Pensando em empresas que estão expandindo áreas, Quiron lança nova solução com dados de análise global da floresta

Publicado 09/12/2021

 

 

Pensando em empresas que estão expandindo áreas, Quiron lança nova solução com dados de análise global da floresta

Para os gestores florestais, ter acesso aos dados mais importantes da floresta, no momento certo, é chave para uma análise criteriosa e bons negócios sendo executados. Tendo isso em mente, e  pensando nos aspectos de logística, planejamento florestal, identificação e descoberta de novas áreas, a Quiron Digital lança mais uma nova solução de mercado: o Discover. 

A proposta do Discover é oferecer informações estratégicas para o gestor florestal. Identificando áreas de potencial uso e qualificando estas de acordo com os interesses do cliente,  o Discover pode ser a diferença para o rápido crescimento de empresas do segmento. 

Gerando análises globais para oportunidades de negócios com prospecção ativa de novas áreas, apresentando indicadores florestais e ambientais para uma tomada de decisão mais assertiva. Os dados mostram identificação de diferentes espécies, dimensionamento de área, estimativa de idade geral da floresta e predição da colheita, além de contagem de indivíduos, zoneamento de risco de incêndio, análise de sanidade, histórico meteorológico, histórico de desmatamento e indicação de fatores restritivos, como áreas de proteção ambiental e territórios protegidos. 

“Com o aumento da demanda de matérias primas florestais, as empresas estão num processo de expansão de áreas de plantio de novas florestas, então há uma demanda de procura de novas florestas e novas  áreas de plantio. O Discover vem auxiliar esse processo, de forma automatizada e remota, para prospecção e expansão dessas novas áreas”, lembrou Gil Pletsch, CEO da Quiron Digital. 

Indicadores como mapeamento de uso do solo, mapa de declividade, orientação de encostas e questões logísticas, como distância da floresta até fábricas, estimativa de valor de frete e tipos de vias de transporte das madeiras podem também ser disponibilizados. 

A solução foi consolidada numa demanda de clientes, também visualizada pela Quiron nas movimentações do mercado.

“Geralmente as empresas florestais já fazem isso, mas de forma quase artesanal e pouco estratégica, analisando imagens de satélite, e até mesmo de drone, num processo de vetorização manual. Agora a Quiron vem justamente para automatizar esse processo, permitindo que essas pessoas possam fazer outros serviços, facilitando o trabalho com uma ferramenta de automação para gerar esse tipo de informação com muito mais segurança, em um rápido espaço de tempo para uma tomada de decisão também rápida, permitindo maior barganha na negociação”, completou ele.

Informação estratégica para a ampliação de operações, como o caso da Bracell

Com a nova solução Discover, os gestores florestais terão mais embasamento para a tomada de decisão sobre ativos já plantados e aqueles ainda em fase de prospecção. “De forma estratégica, essa informação da quantificação e localização dos plantios florestais (especialmente de terceiros) é importante para garantir processos de expansão principalmente para garantir o abastecimento da (s) fábrica (s) para os próximos anos (curto, médio e longo prazo)”, ressaltou Carla Pertille, pesquisadora da Quiron.

Vista aérea da fábrica de nova geração. Projeto Star / Acervo Bracell

Uma das grandes empresas brasileiras do setor, a Bracell, do grupo internacional RGE, iniciou recentemente operações em sua moderna nova fábrica. A empresa, que também partilha dos compromissos de sustentabilidade, busca diversificar e aumentar a produção da unidade do Projeto Star, na cidade de Lençois Paulista (SP), incrementando a produção da unidade para 1,5 milhão de toneladas de celulose solúvel ou até 3 milhões de toneladas de celulose kraft por ano. Com o início das operações, a empresa passa a ser a maior produtora de celulose solúvel do mundo.

Segundo o Resumo Público do Plano de Manejo Florestal da companhia, de 2020, há a preocupação, de acordo com as diretrizes da política de sustentabilidade da empresa, de que “áreas destinadas ao plantio de eucalipto sejam anteriormente ocupadas por culturas agrícolas ou pastagens, não utilizando a prática do desmatamento”, o que se alia às condições que o Discover pode oferecer no provisionamento de regiões com potencial econômico da cadeia florestal.

Com ele, é possível fazer planejamento, descoberta e prospecção estratégica de novas áreas, de forma totalmente remota, sem nenhum tipo de equipamento no campo.

Mais blog posts